Entrar
Perfil
AÇÃO EM REDE

Programa da JSL gera oportunidade a jovens

Conheça a ação "Você Quer? Você Pode!”, uma das várias atividades desenvolvidas pela JSL nas comunidades em que a empresa está inserida

Carla Olivo
10/07/2022 às 18:10.
Atualizado em 10/07/2022 às 18:19

SOCIAL Turmas do programa ‘Você Quer? Você Pode!’ em Parauapebas e Mogi (Foto: divulgação)

Gerar oportunidades a jovens de casas de acolhimento ou em situação de vulnerabilidade social por meio da capacitação socioemocional e desenvolvimento profissional. Este é o principal objetivo do projeto “Você Quer? Você Pode!”, uma das várias atividades desenvolvidas pela JSL nas comunidades em que a empresa está inserida.

A iniciativa, que faz parte da agenda ESG da companhia, tem o desenvolvimento social como um dos pilares fundamentais e prevê que, após passarem por duas etapas do programa, os jovens podem ser efetivados como aprendizes na JSL ou seguir carreira em outras empresas. 

“A JSL atua de diversas formas nas comunidades em que está presente. O projeto ‘Você Quer? Você Pode!’ é uma dessas ações”, explica Mauro Gustavo, diretor de Gente e Cultura da JSL.

Os participantes do “Você Quer? Você Pode!” recebem 80 horas de aprendizado sobre capacitação socioemocional, que inclui conteúdos voltados ao autoconhecimento, autocontrole, autoestima, autoconfiança e gerenciamento de conflitos. 

(Foto: divulgação)

“Essa formação socioemocional irá prepará-los para além do ambiente de trabalho, contribuindo para suas relações pessoais e familiares. Simultaneamente, eles recebem apoio para descobrir a vocação profissional, potencializar habilidades e desenvolver competências intelectuais. Tudo isso contribui para que, futuramente, esses jovens possam se tornar os agentes da transformação das comunidades onde vivem”, destaca o diretor.

A escolha da região para aplicação do projeto é realizada de forma estratégica. A Simpar, holding que controla a JSL, desenvolveu um índice de vulnerabilidade social, que considera a análise de dados públicos de educação, saúde, renda e segurança e promove o mapeamento dos municípios mais vulneráveis, nos quais as empresas do grupo têm operações, para contribuir com investimentos em infraestrutura, programas sociais e apoio a serviços. 

Com base nesses dados, a Simpar definiu temas prioritários de atuação, incluindo capacitação de jovens, qualificação profissional, combate à exploração sexual e segurança nas estradas, e desenvolveu projetos específicos para cada localidade, realizando um contínuo monitoramento do impacto social nas comunidades.

“Buscamos parceiros locais para auxiliar na seleção do público participante. No caso do programa ‘Você Quer? Você Pode!’, o pré-requisito é o jovem ser oriundo de casas de acolhimento e se encontrar em situação de vulnerabilidade social”, detalha Gustavo, acrescentando que, em 2021, ano de criação da iniciativa, foram atendidos 24 jovens, que participaram da iniciativa pela Simpar e pela JSL, em Mogi das Cruzes. Em 2022, já são 48 jovens beneficiados em Parauapebas (PA).

Todos os participantes foram contratados após a formação, na condição de jovens aprendizes. No caso da JSL, ao final do projeto-piloto, dos 24 jovens formados, cinco foram contratados como aprendizes pela companhia.

“O planejamento e acompanhamento do programa sempre é liderado pelas equipes de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Simpar e da JSL. Também buscamos instituições locais para a capacitação inicial do jovem”, completa o diretor. 

Já o trabalho de mapeamento dessas pessoas é feito por meio do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), casa de acolhimentos e locais de extrema vulnerabilidade social.

De acordo com o planejamento da empresa, a próxima edição do programa será realizada em meados de agosto e setembro, no estado da Bahia, na região próxima a Ilhéus.

Além do “Você Quer? Você Pode!”, a empresa desenvolve vários outros projetos de formação e capacitação de jovens. “Em parceria com o Sest (Serviço Social do Transporte) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), estamos evoluindo em unidades e perfil técnico a capacitação de jovens para formação nas áreas técnica, mecânica e logística, entre outras”, conclui Gustavo.

(Foto: divulgação)

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por