Entrar
Perfil
Acessibilidade

Alunos de Design Gráfico da UMC adaptam obra para pessoas cegas

Todas as ilustrações e letras são em alto relevo, além de o livro “No Reino das Letras Felizes” ter sido transcrito e impresso em braile

Especial AGFE
20/01/2023 às 15:50.
Atualizado em 20/01/2023 às 15:50

Projeto, que inclui um jogo de cartas para a memória, é uma adaptação feita pelos alunos do Curso Tecnólogo de Design Gráfico da UMC (Divulgação / UMC)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
Acessibilidade

Alunos de Design Gráfico da UMC adaptam obra para pessoas cegas

Todas as ilustrações e letras são em alto relevo, além de o livro “No Reino das Letras Felizes” ter sido transcrito e impresso em braile

Especial AGFE
20/01/2023 às 15:50.
Atualizado em 20/01/2023 às 15:50

Projeto, que inclui um jogo de cartas para a memória, é uma adaptação feita pelos alunos do Curso Tecnólogo de Design Gráfico da UMC (Divulgação / UMC)

A releitura da obra “No Reino das Letras Felizes” é destinada a pessoas cegas ou com baixa visão. Todas as ilustrações e letras são em alto relevo para facilitar a consciência das formas por estas pessoas, além de o livro ter sido transcrito e impresso em braile. O projeto é uma adaptação feita pelos alunos do Curso Tecnólogo de Design Gráfico da UMC para a disciplina Projeto de Design, orientado pela professora Elis Souza, e contou com o apoio da Biblioteca Municipal de Suzano para a impressão.

O aluno Vitor da Silva Rodrigues conta que a preocupação foi encontrar uma forma de tornar a obra acessível para as pessoas cegas ou de baixa visão, com idades de 4 a 7 anos, que estão em fase de alfabetização. “Desenvolvemos todo o material com o apoio da nossa orientadora. O desafio foi transformar a obra em um livro ilustrado e acessível. Queríamos um produto para incentivar os pais e responsáveis na educação dos seus filhos”, explica.

Além do livro, os alunos desenvolveram também um jogo de cartas para a memória, ilustrado e impresso em braile. “Criamos ainda um estojo que acompanha o jogo de cartas, tudo pensado para tornar experiência sensorial da pessoa cega a melhor possível. Para os pais, está disponível no kit duas vendas para os olhos, como uma forma de incentivo para que o adulto possa se inserir na brincadeira”, revela a aluna Suzana dos Santos.

“Projetos desta amplitude são de grande satisfação para nós, professores, pois contribuem na formação de profissionais com uma visão diferenciada, característica tão necessária para o mercado de trabalho”, explica a professora do Curso de Design Gráfico Elis Souza, orientadora do projeto.

 UMC na AGFE

UMC é uma das 26 grandes empresas que participam da Agência de Fomento Empresarial (AGFE). O objetivo deste grupo é gerar novas oportunidades de trabalho e qualificação profissional para fazer a economia crescer em Mogi das Cruzes.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por