Entrar
Perfil
AÇÃO POLICIAL

Polícia apreende acessórios de armas na casa de empresário que agrediu mulher em academia

Polícia Civil de São Paulo fez operação na casa do empresário em Porto Feliz, nesta sexta-feira (9); há dúvidas sobre a legalidade dos objetos

Agência O Globo
10/09/2022 às 10:01.
Atualizado em 10/09/2022 às 11:51

Thiago Brennand Vieira ficou conhecido no país após agredir uma mulher dentro de uma academia de ginástica (Reprodução)

A Polícia Civil apreendeu nesta sexta-feira (9) 54 acessórios para armas de fogo dentro do Centro Equestre da Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz (SP). O material estava guardado dentro de um espaço particular do empresário Thiago Brennand Vieira, que reside no local. Ele ficou conhecido no país após agredir uma mulher dentro de uma academia de ginástica, na cidade de São Paulo, em agosto deste ano. A Polícia Civil ainda não sabe se objetos encontrados são ilegais.

Foram apreendidos pela polícia miras, binóculos térmicos e lunetas de alta potência. No Brasil, não é crime portar esses itens, desde que se tenha autorização do exército. Atualmente, Brennand está fora do Brasil, por isso, a polícia ainda não sabe se os acessórios estão com a documentação em dia. O material foi enviado para perícia que definirá se os acessórios são de uso permitido ou restrito.

De acordo com o delegado Carlos César Rodrigues, do 15º DP, a operação realizada na sexta é um desdobramento do inquérito que investiga Thiago. Após o episódio na capital paulista,outras pessoas relataram casos de agressão contra o empresário, que já acumula, pelo menos, dez processos na Justiça.

A Polícia Civil também afirmou que recebeu informações de que Thiago teria deixado o país com medo de possível busca e apreensão de armas em sua residência, por isso teria escondido os objetos no espaço restrito.

De acordo com o delegado, o empresário é dono de, ao menos, 32 fuzis, 32 pistolas e duas metralhadoras.

Histórico de agressão

Câmeras de segurança de uma academia de luxo na cidade de São Paulo flagraram o momento em que um empresário agride uma modelo e outras mulheres presentes no local que tentaram defendê-la. De acordo com o depoimento da vítima Helena Gomes ao Fantástico, Thiago Antônio Brennand Tavares da Silva Fernandes Vieira, de 42 anos, se incomodou com a sua presença na academia após ela não ter correspondido às investidas dele. O suspeito chegou a cuspir no rosto da modelo e puxar o cabelo dela. A agressão aconteceu no dia 3 de agosto de 2022.

Thiago expõe nas redes sociais sua vida luxuosa, exibindo armas e carros esportivos. Relatos de testemunhas também apontam um histórico de mau comportamento do empresário. Em um vídeo compartilhado, ele aparece dirigindo um carro a mais de 300 km/h.

Outras mulheres relataram casos de agressão por parte do empresário. De acordo com uma reportagem feita pelo G1, em 2016, a funcionária de um restaurante na Zona Sul de São Paulo registrou um boletim de ocorrência e entrou na Justiça contra Thiago por danos morais. Conforme o relato da vítima à Justiça, ela recepcionava clientes em 11 de agosto quando Thiago entrou no local com a família, a abraçou e tocou as nádegas dela.

Duas mulheres, que não quiseram se identificar, relataram à reportagem da TV Globo terem sido estupradas por Brennand.

Também de acordo com a apuração do G1, em abril de 2020, a mãe do filho de Thiago foi até a delegacia de crimes contra crianças e adolescentes de Pernambuco. À polícia, ela contou que no início do ano havia sido procurada pelo jovem, que morava na Rússia com o pai àquela época, e contou que estava sendo “espancado” pelo empresário.

O garoto, que na época tinha 14 anos, disse para a mãe que estava sendo vítima de agressões físicas e torturas psicológicas. Dias depois, a mãe prestou novas declarações e disse que o menino conversou com o pai e o responsável havia se comprometido a mudar o comportamento. Depois, o filho do empresário mudou a versão e disse que havia mentido.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por