Entrar
Perfil
ROTA DA TRAIÇÃO

Influenciadora diz que fez mais de 4 mil testes de fidelidade pelas redes sociais

Pelo Tiktok, Lídia Luiza Bertoncello, de 23 anos, compartilha prints de conversas em que o infiel interage e ainda marca encontro

Agência O Globo
22/02/2022 às 13:13.
Atualizado em 22/02/2022 às 13:21

(Imagem: Reprodução)

Uma jovem de 23 anos encontrou uma maneira de ganhar dinheiro utilizando as redes sociais com testes de fidelidade. Pelo Tiktok, a influenciadora Lídia Luiza Bertoncello mostra a estratégia de flerte com pessoas que são comprometidas e tem uma parceira ou parceiro que anda meio desconfiado. Entre curtidas no Instagram, conversa nos stories e trocas de telefones, um encontro é marcado pelo WhatsApp. Em 11 meses, ela já realizou mais de 4 mil testes. 

Segundo Lídia, tudo é combinado por mensagens com a pessoa que carrega alguma suspeita. Ela garante que a interação só acontece via redes sociais e que o assunto termina quando o infiel cai na conversa e aceita encontrá-la, o que pode demorar dias ou meses, dependendo do caso. Ela afirma que para o teste dar certo, é preciso conhecer bem a personalidade do amado.

— Não tem um script, eu combino tudo com a namorada de acordo com a personalidade e os gostos de cada homem. Peço sobre a rotina deles, trabalho e etc. Assim em cada caso monto uma abordagem e crio uma personalidade. Mas eu geralmente começo o teste seguindo e curtindo fotos pra chamar a atenção no Instagram. Pelo WhatsApp é mais elaborado já que o número é pessoal, então a história de como eu tenho o número da pessoa é toda montada pra que fique mais convincente — contou.

Em sua última publicação que viralizou na plataforma, a estudante conta a história de uma mulher que estava noiva e com a data do casamento marcada para fevereiro. Mesmo tendo a certeza de que o futuro marido era fiel, a mulher contratou o teste de fidelidade e chegou a fazer uma aposta de 500 reais com uma amiga, acreditando que o noivo não cairia. No entanto, o vídeo, que já tem mais de 8 milhões de visualizações, mostra prints de conversas em que o homem interage e ainda combina um encontro. 

Segundo Lídia, por causa da infidelidade, eles não se casaram e a noiva ainda aproveitou parte do dinheiro, que conseguiu recuperar da festa, para viajar. 

— A noiva que me pediu o teste não se casou, ela pagou os 500 reais da amiga e a amiga jura que não teve envolvimento nenhum com o noivo. A noiva me contou que a amiga sabia de algumas traições do ex- noivo só que ela nunca acreditava quando contavam pra ela sobre essas traições porque ela confiava muito nele e por isso fizeram a aposta. Inclusive, o dinheiro que ela conseguiu recuperar do que já tinha gasto para fazer o casamento ela usou pra viajar e esquecer a história — afirmou.

Ela conta ainda que já realizou mais de 4 mil testes, em 11 meses e afirma que cerca de 484 foram fies ao relacionamento.

— No início eu fazia de 20 a 40 testes por dia. Hoje tenho duas meninas que trabalham pra mim. Quando estava sozinha fazia uma média de 20 testes agora conseguimos fazer até 50 testes todos os dias.

 Segundo a influenciadora, a maior parte das pessoas que pedem o teste de fidelidade já foram vítimas de alguma traição e querem saber se o amado mudou.  Ela afirma que aumentou o número de homens que querem testar suas parceiras. 

— A maioria que procura os testes são mulheres que já foram traídas ou que vão casar e querem ter certeza que vão se casar com a pessoa certa. Mulheres com relacionamento com outras mulheres também me procuraram e aumentou demais a procura de homens para testar as parceiras.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
Copyright © - 2022 - O Diário de MogiÉ proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuído por