EM CASA

Aposentado morre após ser atropelado pelo próprio carro

O aposentado José Feliciano da Silva, 81 anos, morreu depois de ficar gravemente ferido, às 18h24 desta quarta-feira, ao ser atropelado pelo próprio carro no interior da casa dele, onde há uma rampa íngreme no quintal. O veículo o atingiu no momento em que ele abria o portão. A tragédia ocorreu na residência da família, no bairro do Botujuru. José chegou a ser levado pelo Samu ao Hospital Luzia de Pinho Melo, no Mogilar, mas não resistiu.

A Polícia Civil foi informada pelo filho do aposentado, o balconista Herick José da Silva, de 31 anos, que seu pai deixou o freio de mão do veículo solto, enquanto cuidava de abrir o portão.

Vizinhos assistiram ao atropelamento e pediram socorro para a vítima. O delegado Guilherme Cyrino registrou a ocorrência como morte suspeita.

Tráfico

A Polícia Militar surpreendeu por volta das 19 horas de quarta-feira, Cristiano Vilas da Silva, de 33 anos, e José Carlos Vieira Júnior, de 31 anos, comercializando entorpecentes na rua Jerônimo Mariano, na Vila Cintra.

Com eles havia mochila com um caderno contendo anotações sobre o tráfico, 189 papelotes de cocaína, 205 de pedras de crack, 120 buchas de maconha e 22 haxixes. José afirmou que ganhava R$ 40,00 por dia de Cristiano apenas para atuar como ‘olheiro’ e avisar assim que surgisse uma viatura no local. A dupla foi autuada em flagrante por tráfico e associação criminosa.


Deixe seu comentário