ATUALIZADO

Após entrave, peritos do INSS voltam a atender na unidade de Mogi das Cruzes

DIFÍCIL Problema afeta quem espera por atendimento em agências. (Foto: arquivo)

Após uma semana de entraves, peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltaram a prestar atendimento na unidade de Mogi das Cruzes, localizada no Centro Cívico. De acordo informado fornecidas pela assessoria do órgão a O Diário, a agência do município reabriu as portas no dia 17 deste mês e voltou a realizar as perícias médicas nesta quarta-feira (23).

O documento acrescenta que a agência de Mogi conta com 14 peritos, dois quais seis já retornaram ao trabalho presencial.

“Há peritos que vão continuar a realizar trabalho remoto por pertencem ao grupo de risco”, destaca o INSS.

No Alto Tietê, também há agências do INSS em Suzano, Itaquaquecetuba e Biritba Mirim, Santa Isabel e Guararema, que ainda não reabriram as portas e seguem sem previsão para retomada dos serviços.

Crise estrutural, divergências e queda de braço entre peritos e a direção do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) impactavam a vida de pessoas que aguardam, desde março, o atendimento presencial na agência de Mogi.

A unidade da cidade foi reaberta na última quinta-feira, e previa a retomada do atendimento dos peritos, mas, em todo o País os profissionais se recusaram a retomar os trabalhos “por falta de estrutura e segurança nas agências”, já que segundo eles, esses espaços não têm estrutura ou ainda não adotaram todos as medidas sanitárias e os processos de distanciamento social exigidos para evitar a contaminação pelo vírus.

O Governo Federal então publicou edital na última sexta-feira convocando os peritos para voltar a atender presencialmente nas agências. A Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP), no entanto, divulgou nota para informar que iria refazer as vistorias próprias antes de voltar ao trabalho.

Além das perícias, a retomada presencial dos agências do INSS também oferece serviços de avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional. Cabe destacar que, para ser atendido, o interessado precisa fazer agendamento pelo site, aplicativo ou pelo telefone do Instituto – no número 135.


Deixe seu comentário