NOVO CORONAVÍRUS

Alto Tietê ultrapassa marco de 1,3 mil óbitos por Covid-19

Covid-19 (Foto: divulgação)

Reunidos, os municípios que integram o Alto Tietê ultrapassaram ontem o marco de 1,3 mil óbitos atrelados ao novo coronavírus, com mais 14 notificações nas últimas 24 horas, segundo informado pelas Vigilâncias Epidemiológicas. Apesar de alarmantes, os dados voltam a apontar desaceleração da letalidade da pandemia, após ligeira aceleração: o território levou 14 dias para saltar de 1 mil para 1,1 mil vítimas fatais da Covid-19. Já o acréscimo para 1,2 mil mortes ocorreu em apenas 13 dias, enquanto o recém-completo avanço para 1,3 mil vitimados desenrolou-se em intervalo maior, em 15 dias.

Desde a chegada da pandemia, o recorde de ampliação nas cidades ocorreu no avanço de 300 para 400 óbitos, em apenas oito dias, registrado entre 28 de maio e 4 de junho.

Dos 14 óbitos desta terça-feira, três são referentes a moradores de Mogi das Cruzes e seis de Suzano. Já Arujá, Ferraz, Itaquá, Poá e Santa Isabel notificaram uma nova vítima cada.

Outras duas mortes computadas foram excluídas das estatísticas de Itaquá e Mogi por duplicidade. Com isso, o total de vítimas fatais da Covid-19 na região é 1.305.

Mais 270 moradores dos municípios testaram positivo para o novo coronavírus. O número de contágios avança para 25.068.

Do montante, 18.016 são referente a pacientes que já foram classificados como recuperados. (Veja quadro). Mogi se mantém como o atual epicentro da infecção no Alto Tietê, com 6.241 casos confirmados e 357 óbitos.

Os números podem ser maiores já que 1.477 mogianos aguardavam resultado de exames para a Covid-19 até a noite de ontem, além disso, três falecimentos suspeitos estavam em investigação.

A taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na cidade estava em 56,6% nesta terça-feira, com 50 dos 96 leitos totais ocupados Já a enfermaria apresentava lotação de 42%, com 47 leitos em uso e 36 disponíveis, de acordo a Secretaria Municipal de Saúde.

São Paulo

O Estado de São Paulo registrava nesta terça-feira, 32.963 óbitos e 901.271 casos confirmados do novo coronavírus.


Deixe seu comentário