CARTAS

Ainda a avenida

Pois é, Mogi das Cruzes, elencada pelo IBGE como sendo uma das cidades mais ricas do País, acaba de completar 460 anos de fundação, apresentando, em sua malha viária, uma vergonhosa avenida que é uma de suas portas de entrada e saída. Refiro-me, evidentemente, à Avenida Miguel Gemma, no bairro do Socorro. E por culpa de quem? Dos administradores do município, obviamente, que não se preocuparam em corrigir os gravíssimos erros praticados quando da duplicação dos 2 km daquela importante via. O ex-prefeito Marco Bertaiolli (PSD) ignorou o problema em seus oito anos de governo, o mesmo acontecendo com o atual prefeito, Marcus Melo (PSDB), cujo mandato está prestes a terminar. Pergunto: será que o futuro prefeito seguirá o exemplo de seus antecessores? Cidade rica, 460 anos de fundação e apenas 2 km de avenida há 12 anos aguardando conserto. Será que está para nascer um cabra-macho que dê jeito nisso?

Paulo Sergio da Silva Pimentel

paulospimentel@yahoo.com.br


Deixe seu comentário